Skip to content

O Programa e o Objectivo Cristão

Citação do Talmude judaico:
Libbre David 37: “Informar alguma coisa a um Goy sobre nossas relações religiosas seria igual à morte de todos os judeus, pois se os Goyim souberem o que ensinamos sobre eles, certamente nos matariam abertamente”.

Com bastante pesquisa, cristianismo e companhia podem ser resumidos, revelando seu verdadeiro propósito. Testemunhas de Jeová sabem de tudo das origens pagãs dos feriados, tais como Natal e Páscoa. Eles estão iludidos quanto ao nazareno, como o nazareno também é um conceito roubado, a partir de cerca de 18 ou mais Deuses pagãos crucificados que eram pendurados em árvores, como Odin. Tudo no programa cristão é FALSO, ROUBADO, CORROMPIDO E DISTORCIDO!
Todo o propósito do cristianismo é PREPARAR os gentios para ser servilmente obedientes e adoradores de seus mestres judeus em uma nova ordem mundial, onde os judeus tem controlo total e completo, a menos que as pessoas acordem e impeçam isso.

Como pode ser visto a partir dos artigos neste sítio, o Panteão dos Deuses gentios/pagãos (adoração subliminar) foi substituído por arquétipos judeus fictícios com o programa do cristianismo. Com isso, os judeus alcançaram um status especial do qual não merecem – serem os “escolhidos de Deus”. Tudo isso é subliminar, pois cria uma mentalidade de escravo, autossacrifício, mentalidade servil em suas vítimas, que prontamente aceitam os judeus a estar no comando. Os arquétipos judeu fictícios, como o nazareno, criam uma poderosa associação subconsciente com o que é conhecido coma “a parte Divina do cérebro” e agem para transferir essa mentalidade de culto para os judeus que pretendem governando o mundo. Não há nada de espiritual sobre o cristianismo. A Bíblia não é nada mais do que uma história fictícia dos judeus, e intensa blasfémia contra o Deuses gentios e nosso verdadeiro Deus Criador, Satan, que significa “inimigo” em hebraico. Provamos tudo isso no sítio.

Citação do Talmude judaico:
Simeon Haddarsen, fol. 56-D: “Quando o Messias vier, todo judeu terá 2800 escravos”.

Além dos trabalhos subliminares, os gentios estão gravemente ameaçados se entrarem para o “oculto”, a fim de remover todos os poderes da mente e alma e manter esses poderes no círculo de mestres judeus governantes para o abuso e exploração total dos gentios. Pelo fato do orgasmo sexual ser a porta de entrada para o poder e o avanço da a alma, as doutrinas cristãs sempre trabalharam incansavelmente para suprimi-la. O cristianismo calcifica nas mentes de suas vítimas que eles não são nada mais do que propriedade. Suas mentes, almas e corpos pertencem a “Jeová”, que na realidade são os judeus dominantes no topo que são mestres no poder oculto.
Citações do Talmude:
Nidrasch Talpioth, p. 225-L: “Jeová criou o não judeu em forma humana para que o judeu não tenha de ser servido por animais. O não judeu é, portanto, um animal em forma humana, e está condenado a servir o judeu dia e de noite.”

Seph. Jp, 92, 1: “Deus deu aos judeus poder sobre os bens e sangue de todas as nações”.

A degeneração das mulheres nestes programas é uma tentativa deformada, pervertida e doente e novamente, subliminar, como a supressão da sexualidade humana, de privar gentios do poder oculto. Isso tem suas origens no Extremo Oriente nos ensinamentos de “Shakti”, que representa o aspecto feminino (subconsciente e poder da kundalini) da alma humana. O aspecto masculino é o lado esquerdo-lógico do cérebro. Ambos devem trabalhar em conjunto para alcançar resultados materiais, que é o objetivo do yoga. Ao suprimir o lado feminino da cérebro, os poderes da mente e da alma são completamente dormentes e inacessíveis.

Tabuleiros Ouija, astrologia e outras formas de adivinhação também foram estritamente suprimidas na tentativa de privar os gentios de se comunicar com nossos verdadeiros Deuses que foram vergonhosamente e horrivelmente blasfemados e rotulados como “maus”. Nossos Deuses foram vítimas do horror judaico e Hollywood e outros temas degenerativos e insultantes, onde os gentios são iludidos a zombar, xingar e temê-los, enquanto trabalham para a própria condenação e pagam a bunda por isso, não só com a doação de trilhões e trilhões de dólares, mas também com energia psíquica. Os judeus tiveram uma longa história de iludir os gentios a pagar por sua própria perdição e ruína. A guerra no Iraque é um exemplo flagrante, onde milhares de homens e mulheres jovens americanos morreram ou estão permanentemente incapacitados – tudo por Israel.

OS GENTIOS PRECISAM ACORDAR!

VOLTAR PARA EXPONDO O CRISTIANISMO