Skip to content

A Mídia Controlada Pelos Judeus

As três principais ofensivas que os judeus usam para destruir os gentios são infiltração, confusão e criando divisão e desunião interna. Por exemplo, os judeus fingir ser contra o cristianismo, mas verdade seja dita, eles sabem nos níveis superiores que o cristianismo, juntamente com seu parente islamismo, são os dois programas judaicos que são usados para destruir os gentios. O cristianismo tem sido usado na Europa principalmente para a destruição dos povos brancos, através da Inquisição. A contraparte islâmica do cristianismo tem sido usada para escravizar principalmente os não-brancos. Ambos são programas de escravidão com nada espiritual, por debaixo é comunismo judaico. Estes programas são necessários aos judeus para prepararem os gentios para o comunismo. Uma vez que eles não são mais necessários, eles serão sistematicamente destruídos pelos judeus, com a instituição plena do bolchevismo. A Igreja Católica foi a KGB da Idade Média.

Os judeus trabalham para destruir organizações gentias, principalmente Patrióticas Brancas através da infiltração. Eles fingem ser arianos. O problema é que, online, não se pode ver quem se está comunicando. Eles podem dizer qualquer coisa.

Os judeus são muito espertos em obter o controlo de seus inimigos. Os judeus promovem o cristianismo por:

    • Afirmar que eles sejam do Diabo
    • Alegar afiliação com o Anticristo
    • Aparecer como se eles estivessem a trabalhar para destruir o cristianismo
    • Alegar que o Talmude ataca o nazareno e a Virgem, quando, na verdade, os ataques são contra Satan e os Deuses dos gentios
    • Alegar serem perseguidos pelos cristãos
    • Promover a acusação de que os judeus “assassinaram cristo”
    • Promover a ideia de que o cristianismo e o comunismo são inimigos um do outro.

Uma vez que se é cristão, se está sob a influência psíquica e controlo dos judeus, e os judeus sabem disso. Isso estabelece uma conexão poderosa para os judeus a assumirem o controlo de seus inimigos através de maldições e outros meios psíquicos, pois o cristianismo estabelece uma forte ligação subliminar que muitas poucas pessoas estão cientes. Os judeus vão fazer de tudo para parecem ser inimigos do cristianismo, pois o cristianismo é a raiz do poder deles. Isso tem funcionado em trazer muitos gentios desavisados para a armadilha cristã.

A ADL (Liga de Defesa Judaica) tem uma enorme rede de infiltrados com tecnologia de ponta e um prédio inteiro cheio de computadores onde esses judeus nefastos infiltram, haqueiam, espalham mawares e vírus, espionam e trabalhar para destruir organizações gentias, a saber, Patrióticas Brancas de dentro (seu antigo método de escolha).

Certos grupos e fóruns Patriotas/Nacional-Socialistas de brancos são controlados por indivíduos que trabalham para a ADL (que fingem ser nazis). Estes indivíduos trabalham juntos em colusão, sem o conhecimento da maioria do grupo. Eles podem ser identificados por seu constante desanimador de qualquer actividade, desencorajar o uso ou exibir símbolos NS, como a suástica, as Runas SS ou outros símbolos pagãos, que fazem uma declaração, e sua actitude geral negativa em direcção a qualquer coisa que possa promover o Nacional-Socialismo.

Outro factor chave aqui é judeu estes infiltrados impurram o cristianismo e o que é conhecido como “Identidade Cristã”, especialmente dentro desses grupos. Eles fingir ser arianos e, direta ou indiretamente, empurram o cristianismo em nosso povo, especialmente novatos que estão mais vulneráveis. Eles afirmam que Adolf Hitler e até mesmo Martin Bormann eram “cristãos”. Nada poderia estar mais longe da verdade! Muitos escritos Nacional-Socialistas foram traduzidos para o Inglês por judeus e, além disso, muitos foram alterados. Por exemplo, as palavras em alemão para “mal” e como em muitos escritos NS, foram traduzidos usando a palavra “satânico”.

Independentemente das intermináveis mentiras, e as alegadas citações que Adolf Hitler teria feito, os símbolos PAGÃOS da Alemanha nazi falam por si. Há muito mais para provar se as pessoas se preocuparem em fazer a pesquisa. Os símbolos pagãos falam por si!

Através de uma investigação mais profunda nestes infiltrados da ADL, eles imediatamente mandam correspondéncia electrónicas para membros novatos do grupo com a literatura pró-cristã e versículos da Bíblia. Isso não é só para confundir o novato e vulnerável, mas também para amarrar as pessoas NS no tanque de energia psíquica judaica, como o cristianismo e o islamismo, onde se trabalha para a própria condenação, e destrói seu próprio povo no processo.

Os judeus temem o nosso retorno às nossas origens pagãs, pois isso significa a morte deles. Seu poder vem do cristianismo e do islamismo, que são um enorme vórtice de energia psíquica/astral de onde de alimentam, a serem os parasitas que são. O cristianismo não é nada mais do que um ataque à mente das massas com mentiras repetitivas incessantes, como os judeus a serem os “Escolhidos de Deus”, uma história fictícia dos judeus que lhes dá privilégios de que eles não têm e nem nunca tiveram, e estabelece uma mentalidade que os exalta e desarma os gentios tanto subconscientemente quanto psiquicamente.

Não importa o quê, onde, quando, ou como, os judeus são os que empurram o cristianismo e o islamismo, sabendo que no final, as vítimas gentias destes programas kosher estão psiquicamente sob seu controlo ao nível da alma, e o que está dentro da alma eventualmente se manifestam em realidade. Eles fingem repetidamente estar em desacordo e serem os inimigos definitivos do programa cristão, mas isso é para vos enganar. Isto é estritamente para o espetáculo, e para iludir e enganar os gentios.

Isso não é diferente de como eles fingem ser contra o comunismo, quando, na verdade, eles são os líderes, promotores e instigadores do comunismo. Os judeus são mestres do engano e da mentira. Eles ganham controlo através de confusão. Jovens judeus são ensinados a argumentar em suas escolas Yeshiva.

Um bom exemplo é Hollywood, e como eles trabalham para confundir aqueles que estão desatentos – a maioria da população gentia, com seus filmes. A maioria das pessoas aqui está bem consciente do comunismo judeu, como eles o inventaram. Esse o tema principal da Bíblia judaico-cristã e todo as suas “escrituras sagradas” – seu programa para remover sistematicamente o conhecimento e o poder espiritual/oculto dos gentios, assim eles próprios podem tornar-se “Deus” e ter um estado de escravos gentios.

Um exemplo flagrante que eles usam para confundir é o filme da HBO “Stalin” (1992), com Robert Duvall e Julia Ormond http://www.imdb.com/title/tt0105462.

Durante todo o filme, o personagem “Stalin” é feita como se fosse contra os judeus, e odiandor dos judeus. Na vida real, este não é o caso. O nome de nascimento real de Stalin era József Dugasvilli. “Dugasvilli” em georgiano, significa “FILHO DE UM JUDEU”. A segunda esposa de Stalin “Nadezhda Allilúiev” (interpretada por Julia Ormond no filme) também era judia. Seus filhos eram judeus. Seu filho mais velho chamava-se “Yakov”, nome judaico para “Jacó”.

Lavrenty Beria foi outro judeu da Geórgia que trabalhou diretamente para Stalin. No filme, que também o retratou a ser antissemita. A maioria das pessoas, a população em geral, não sabe e não lê o suficiente para conhecer os factos sob todas as mentiras que são jogadas ao público.

Mais exemplos incluem “The Inner Circle” (1991) http://www.imdb.com/title/tt0103838/ Outro filme que se passa na antiga URSS sob o regime de Stalin, onde a perseguição ostensiva dos judeus é o tema principal. Ele vai ainda mais longe ao mostrar um personagem judeu ser preso pela NKVD por secretamente “colaborar com os nazis”. Que piada! Então, o filme continua com mais judeus em seus melhores papéis como vítimas profissionais.

Moscow on the Hudson (1984) http://www.imdb.com/title/tt0087747/

Foi outro filme, mas apenas uma parte muito pequena do filme, porém bem descarada, eles mostram judeus novamente, com seus cartazes de estrelas de David (roubada e corrompida do Oriente Indiano da “Estrela de Vishnu”), em protesto contra o governo comunista soviético. Os judeus sempre gritam o mais alto. Esses filmes e muito mais são apenas para mostrar, e para confundir os gentios a luz do dia.

Os judeus, por serem os inventores e promotores do comunismo, trabalham para tentar convencer o público ignorante que eles são contra o comunismo. Nisso eles controlam ambos os lados, e direcionam cada lado em direcção aos objectivos de sua agenda, a qual os judeus são altamente qualificados.

A Igreja Católica é outro exemplo, o flagrante KGB da Idade Média.

“O cristianismo e o comunismo são muito perto espiritualmente e ideologicamente. Este é um conceito bastante conhecido que tem sido adoptado por vários pensadores, de Thomas More para Lev Tolstoy. Poucas pessoas sabem que o primeiro Estado socialista do mundo foi estabelecido no Paraguai e foi baseado nas ideias dos jesuítas católicos antes de Marx ter criado seus ensinamentos.”

“A Companhia de Jesus – a Ordem Religiosa Jesuíta – na Igreja Católica, era mais ou menos equivalente à KGB na União Soviética.”

As citações acima foram tiradas do “Pravda” (o principal jornal do Partido Comunista e principal jornal da antiga União Soviética), do artigo: Existe alguma diferença entre o cristianismo e o comunismo? 30/04/2013

Os judeus trabalham incansavelmente para tentar convencer o povo gentio de que eles são contra o cristianismo, e que eles são “perseguidos” pelos cristãos e pelo cristianismo. ISSO É UMA MENTIRA TOTAL!

Realmente agora, como pode qualquer cristão verdadeiro ser perseguidor de judeus? Cada página da Bíblia tem tanto as palavras “judeu(s)” e/ou “Israel” escritas nela, Jesus é judeu desde o nascimento até à morte – circuncidado e nomeado no oitavo dia em uma sinagoga por um rabino em manter a tradição judaica, sua mãe e seu chamado “pai terreno” foram judeus e observantes das leis judaicas. Seus 12 discípulos eram todos judeus. Toda Bliblia judaico-cristão é judaica de capa a capa, assim como o comunismo está completamente sob o controlo dos judeus, por isso os judeus promovem a ideia de que eles são inimigos e perseguidos por todos e isso funciona muito bem em enganar aqueles de inteligéncia mediana.

Satanismo real, como muitos aqui estão cientes é fortemente perseguido, suprimido, e automaticamente banido em muitas áreas do mundo, mesmo naqueles cuja Constituição afirma que há “liberdade religiosa”.

“Satan” significa “inimigo” em hebraico.

“Nós destruiremos Deus”
Citação dos Protocolos dos Sábios de Sião

Além disso, as verdades sobre o satanismo são violentamente reprimidas, enquanto os judeus ditam informações falsas (e horrendas) sobre o satanismo, o que leva a crimes ocultos e mantém o programa cristão prosperando.

Pode-se ver a verdade por si mesmo. Onde no mundo há ao menos UMA Igreja Satânica aberta e pública? Tudo que vá contra os judeus é “mau” e eles atacam e usam seus escravos espirituais, tais como os cristãos, para atacar também. Tudo o que os judeus fazem e são, eles ditorcem, pervertem e põem a responsabilidade sobre os gentios e todos os grupos que são contra eles, tais como Assassinato Ritual Judaico a ser promovido pelo satanismo, quando na verdade é seu “Iavé” a quem eles estão a sacrificar.

A verdade sobre o satanismo é mantida fortemente reprimida, que na verdade é o avanço espiritual da alma e a elevação do poder da serpente (kundalini yoga). Os judeus que controlam os meios de comunicação, juntamente com as editoras, livrarias tradicionais e bibliotecas públicas promovem as mais degeneradas MENTIRAS a respeito de Satan e satanismo, enquanto qualquer coisa de positivo é fortemente reprimida e negada. Os judeus acusam seus inimigos do que eles mesmos fazem. Eles se infiltram, fingem e assumem o controlo. “Satanismo” é um termo geral para todas as antigas religiões pagãs e “pagão” significa “gentio”.

VOLTAR PARA EXPONDO OS JUDEUS