Skip to content

Expondo o Islão

Iblis e os Djinn: os Deuses Originais

Islão: Doutrina de Submissão e Escravidão

Maomé Nunca Existiu

Símbolos Islâmicos Foram ROUBADOS do Paganismo Antigo

Caaba Era Originalmente Um Templo PAGÃO!

Como os Judeus Desenvolveram o Programa Islâmico Para Invadir e Destruir o Oriente

Judaísmo, Cristianismo e Islamismo: O Conflito Entre Esses Programas é Pura Fachada

“Estado Islâmico” e grupos terroristas relacionados são criados e geridos por judeus!

A Conquista Islâmica: O Capítulo Mais Sangrento da História da Humanidade

Maomé: O Profeta Judeu

Pedofilia e Estupro: Frequentes e Aceitos Dentro do Islamismo

Ligações Externas

Muçulmanos a Destruírem a Europa (vídeo)

Ajude a espalhar a verdade: baixe, compartilhe, imprima e/ou distribua uma cópia gratuita deste websitie em PDF

A chamada “religião” do islamismo é uma mentira e uma piada. Ele é projetado para fazer nada além de escravizar aqueles enganados a segui-lo. Como no cristianismo, tudo no Islão e seu Alcorão foi roubado de religiões pagãs que antecederam-no por milhares de anos e os seguintes artigos oferecem a prova deste facto.

O propósito do islamismo é e sempre foi o de remover a religião verdadeira e original dos povos gentios, que é paganismo antigo e substituí-lo com mentiras. O conhecimento espiritual e oculto dos Deuses originais foi removido e colocado nas mãos de um grupo seleto que usa-o para controlar, manipular e escravizar. Como a “Bíblia” do cristianismo, o Alcorão do islamismo é infundido com poder oculto para manter a mentira a existir e manter literalmente o povo iludido sob um feitiço poderoso. Estudando o oculto e a verdadeira espiritualidade extensivamente, abrimos olhos para o engano e isso torna-se muito óbvio. Grande parte do Alcorão e do programa do islamismo como um todo é baseado em Alegorias alquímicas ROUBADOS e sistemas orientais da magia que foram severamente corrompidos, distorcidos e degenerados antes de serem usados contra os povos gentios, a quem eles pertenciam originalmente. No Islão, a energia é dirigida para fora da pessoa e para dentro deste programa.

Os trabalhos pagãos orientais originais dirigiam a energia para a pessoa, fortalecendo a mente, corpo e alma e trazendo libertação física e espiritual. O Islão faz exatamente o oposto, minando a energia de suas vítimas e transformando-as em escravas, física e espiritualmente. O Islão NÃO é uma religião. É um programa de submissão, escravidão e morte. Ele destrói a alma assim como o corpo e a mente. Ele é a contrapartida oriental do cristianismo.
“Ao contrário do que a maioria das pessoas foi doutrinada, o judaísmo, cristianismo e o islamismo são religiões relativamente novas. A humanidade remonta milhares de anos. Estes três têm trabalhado incansavelmente para nos privar do conhecimento espiritual/ocultismo e usar este poder, de que todos nós temos.” – Suma Sacerdotisa Maxine Dietrich

Não muitos muçulmanos estão cientes do facto de que milhares e milhares de pessoas inocentes foram torturadas e assassinadas, milhares de textos religiosos sagrados pagãos e templos foram destruídos e profanados e o que permaneceu foi roubado e removido da população em geral para ser utilizado e muito pior, durante o que ficou conhecido como a “Inquisição Islâmica”, a fim de espalhar esta doença vil em toda a face da Terra. Suas bases foram construídas sobre sangue e lágrimas de pessoas inocentes, os antepassados dos árabes que abraçam essa imundície hoje. A humanidade sofreu o indizível nas mãos deste programa de morte, e continuará a fazê-lo até que ele seja destruído. Aqueles iludidos por suas mentiras precisam acordar.

As milhares de pessoas a dedicarem seu tempo e “adoração”, sua energia a esta mentira, estam a adicionar ao vórtice de energia que está a manter a humanidade iludida e a manter este programa de pé. Elas estão a adorar sua própria condenação e a andar de boa vontade para a sua própria destruição. A mentira do islamismo deve ser trazida ao fim!

A ligação externa relacionada para mais informação é Expondo o Cristianismo.

Suma Sacerdotisa Zildar Raasi