Skip to content

Programação de Controlo Mental e a Bíblia

O artigo abaixo foi actualizado em algumas áreas. Para mais informações, por favor leia o “Sermão sobre 666” a seguir este artigo abaixo.

Note que com a queda da Judiação Soviética, os judeus têm vindo a trabalhar para reconstruir a religião cristã no fracasso de seu programa cristão ateu. Isso lhes permite manter um controlo rigoroso sobre a população, a partir do qual eles recuperarão a tempo o antigo controlo que tiveram uma vez.

Podemos ver na ligação de como os judeus usam programação subliminar sobre a América que se conecta em seu livro de feitiços da Bíblia sobre a população: 1960 mensagens subliminares em câmera lenta (vídeo do Youtube) https://www.youtube.com/watch?v=Rnkg-yCPryE

2 Coríntios 12:16
Seja como for, não lhes tenho sido um peso. No entanto, como sou astuto, eu os prendi com astúcia.

Observe no vídeo do youtube acima, os judeus estão a usar os termos com “God” (Deus) repetidamente:

“God is real, God is watching” (Deus é real, Ele nos assiste) = 22 letras

“Believe in government God” (Cremos no Deus governante) = 22 letras

“Obey Consume Obey Consume” (Faça Consuma Faça Consuma) = 22 letras

De acordo com o misticismo cristão e judaico, 22 é o número do alfabeto hebraico é o número de Mestres, infinito e conclusão, Quintessência (espírito que é Deus no sentido universal nos ensinos herméticos) a mente de Deus e Deus. O nazareno profere as sete últimas palavras de finalidade na cruz, que é a fase no início do Salmo 22. Ele iguala os 12 signos do Zodíaco e 10 planetas do Tarô do qual tal alfabeto é atribuído. Apocalipse, o último livro da Bíblia, também tem 22 capítulos.

O número 22 corresponde à carta trunfo “Mundo” do Tarô, a indicar a conclusão. Isso indica que o inimigo a completar seu objectivo de conquistar o mundo e dominação através do comunismo.

Salmo 66:7
Ele (Deus) governa para sempre com o seu poder, seus olhos vigiam as nações; que os rebeldes não se levantem contra ele!

O livro de Salmos é o décimo nono livro da Bíblia. Observe o verso, 66:7; que também soma-se 19 [6 + 6 + 7 = 19]. 19 = 19 = 38 e 3 + 8 = 11, que é um número de queda, então o versículo acima, não só ameaça contra a rebelião, mas dado os números, ele aponta subliminarmente que a rebelião vai resultar em queda e desgraça.

1 Samuel 12:15
Mas se não derdes ouvidos à voz do Senhor, e antes fordes rebeldes ao mandado do Senhor, a mão do Senhor será contra vós, como o era contra vossos pais.

1 Samuel é o nono livro da Bíblia. 9 + 12 + 15 = 36, 3 + 6 = 9. 9 é o número de finalidade e Julgamento, o poder do próprio Deus.

Colossenses 3:22
Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.

Colossenses é o 51º livro da Bíblia. [5 + 1 = 6]. Os judeus usam o número 6 extensivamente, como nos “seis milhões” de seu falso holocu$to. Na Bíblia, o número 6 é o número do homem sem qualquer poder espiritual. O número 7 tem a ver com os 7 chakras e poder espiritual que emanam destes e perfeição espiritual. 6 aquém. 6 é também uma série de trabalhos forçados. O trabalho foi feito por 6 dias e o 7º foi um dia de descanso.

“O número 6 está estampado em tudo o que está relacionado com o trabalho humano. Vemos isso estampado em suas medidas, que usam em seu trabalho e no tempo durante o qual ele trabalha. E vemos isso desde o início.”

A ênfase judaica no uso do número 6 define uma vibração no astral para o avanço de sua agenda, o seu estado comunista e ordem mundial. Comunismo é trabalho escravo. Com o estado comunista, os judeus tornam-se “deus” e todo o conhecimento espiritual é substituído com o ateísmo material.

O versículo acima do 51º livro da Bíblia (1 + 5 = 6) defende trabalho escravo. Adiante, o versículo 3:22 pode ser multiplicado 3 x 22 = 66, o número total de livros na Bíblia, a indicar a conclusão do trabalho estado judaico comunista escravista e sua nova ordem mundial.

Romanos 13:1-7
Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus.
Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação.
Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a potestade? Faze o bem, e terás louvor dela.
Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador para castigar o que faz o mal.
Portanto é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente pelo castigo, mas também pela consciência.
Por esta razão também pagais tributos, porque são ministros de Deus, atendendo sempre a isto mesmo.
Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra.

Os Pais Fundadores queriam que o Grande Selo colocado sobre o dólar por uma boa razão, mas nunca colocaram nada sobre o “deus” judeu lá. Referência ao “deus” judeu foi posta na moeda americana pelo presidente judeu Dwight David Eisenhower.
“30 de julho de 1956, dois anos depois de pressionar para ter a frase ‘Sob Deus’ inserida no Juramento da Fidelidade, o presidente Dwight D. Eisenhower assina uma lei a declarar oficialmente ‘In God We Trust’ para ser o lema oficial da nação. A lei, PL 84-140, também determinou que a frase fosse impressa em todo o papel-moeda americano”. 1 Eisenhower era um judeu por sua própria confissão, o nome Eisenhower foi retirado do sobrenome judaico Eisenhauer.

“No anuário de classe da Academia Militar de West Point de Eisenhower, publicado em 1915, Eisenhower é identificado como um ‘terrível judeu sueco.”

Não é uma surpresa que a propriedade Kosher da Casa Branca com o presidente Franklin Delano Roosevelt, que era de ascendência holandesa judia e sua equipe podia ser lidos como uma lista da sinagoga. Para saber mais sobre isso, leia o artigo “Guerra banqueiros judeus na América.” http://gblt.webs.com/Jewish_Bankers_War_On_America.htm

“Em 1943, Washington não apenas transferiu o coronel Eisenhower para a Europa, mas o promoveu ao longo de mais de 30 oficiais superiores mais experientes para General de cinco estrelas e colocou-o no comando de todas as forças norte-americanas na Europa.

Esta grande “General”, que se escondeu a mijar de medo quando acreditava que uma pequena e desarmada Unidade de Comando Alemão estava ante a ele durante a guerra, ele pessoalmente ordenou o assassinato de mais de 1,7 milhões de soldados alemães após a guerra acabar, em seus campos de extermínio de prisioneiros. O único crime deles foi defender sua nação e povo. Muitos dos acima de onde não qualquer mais velho de 15 anos de idade. Este é outro exemplo flagrante de puro ódio talmúdico.

Para ler o artigo completo “Nos campos da morte de Eisenhower”: Um Guarda Prisional dos EUA relembra”: http://www.ihr.org/jhr/v10/v10p161_Brech.html

“In God We Trust” tem 12 letras. Doze é um número perfeito, que significa a perfeição do governo ou a perfeição governamental. Há 66 livros da Bíblia, que somam-se 12 [6 + 6 = 12].

A palavra “Deus” também aparece na Bíblia 4473 vezes, a somar 9, que é o número de finalidade e julgamento, o poder do próprio Deus, que é amarrado a isso:

Os juízos de “deus” em Ageu 1:11 são enumerados em nove indicações: “E mandei vir a seca sobre a terra, e sobre os montes, e sobre o trigo, e sobre o mosto, e sobre o azeite, e sobre o que a terra produz; como também sobre os homens, e sobre o gado, e sobre todo o trabalho das mãos.”

Ageu é o 37º livro da Bíblia. 3 + 7 = 10; assim Ageu 1 seria 11; aqui novamente, nós temos 11.

“A lei foi assinada pelo presidente Eisenhower em 30 de julho de 1956, e o lema foi adicionado progressivamente ao dinheiro de papel ao longo de um período de 1957 a 1966. [Direito Público 84-851] [18] O Código dos Estados Unidos em 36 USC § 302, agora afirma: “In God We Trust” (Nós confiamos em Deus) é o lema nacional”.2

Pode-se ver que o dinheiro é um meio poderoso para injetar algo no inconsciente da mente do público:
11/9 truque da nota de 20 dólares [vídeo do Youtube] https://www.youtube.com/watch?v=D1SYfqH8J30

Aqui está mais informações sobre mensagens subliminares nos media a ir até 11/9: O QUE? Hollywood… Previu 11/9?? https://www.youtube.com/watch?v=3ifu2Uy21yU

Sem rodeios aqui:
11/9 prenunciado em Super Mario Bros: O Filme [vídeo do Youtube] https://www.youtube.com/watch?v=TKLw_Fm3tqg

E podemos testemunhar como os poderes judeus injetam seu “deus” na mente das massa novamente: “Eisenhower assinou o projeto de lei no Dia da Bandeira, 14 de junho de 1954. Eisenhower declarou: Deste dia em diante, os milhões de nossas crianças em idade escolar vão diariamente proclamar em cada cidade e cidade, cada vila e casa da escola rural, o juramento de nossa nação e nosso povo para o Todo-Poderoso… Desta forma, estamos a reafirmar a transcendência da fé religiosa em património e futuro da América, desta forma vamos fortalecer constantemente as armas espirituais que sempre serão o recurso mais poderoso do nosso país, na paz ou na guerra.

A frase ‘Sob Deus’, foi incorporada no Juramento de Lealdade em 14 junho de 1954, por uma resolução conjunta do Congresso, que altera o § 4 º do Código Bandeira promulgada em 1942.” 3

Para encerrar, muitas pessoas nos e-grupos d0 JoS mencionam como eles têm visto alguns números repetidamente. Isso pode ser um certo número recorrentes em uma placa de veículo ou em um relógio digital, em uma propaganda, e em muitos outros lugares. Às vezes isso pode ocorrer até mesmo por dias, mas isso por si só e por si só é inofensivo. Quando estamos conscientes de certos números, isso estabelece uma vibração subliminar e antes de conhecê-lo, começamos a ver esses mesmos números com frequência em nossas vidas diárias. Este aspecto é muito inocente e muitas vezes sem sentido, mas no artigo anterior, os autores estão plenamente conscientes do poder dos números e fazem cumprir este para realizar seus trabalhos mágicos na realidade através da Bíblia judaico-cristã. É por isso que muitos cristãos estão praticamente a coagir a memorização de versículos da Bíblia, pois isso embute uma ligação subconsciente.

Fontes:
1 Este Dia na História: www.history.com
2 Artigo Wikipedia: “In God We Trust”
3 Ibid


SERMÃO SOBRE 666

Como já escrevi em dois sermões a respeito da numerologia bíblica e como a Bíblia é um livro de feitiçaria judaica, aqui há mais sobre os números…

A Bíblia tem um total de 66 livros. Como a maioria de vós já sabeis, os poderes judeus sempre enfatizam o número 6, como acontece com o seus 6 milhões do falso holocu$to e Primeiro de Maio, importante feriado comunista (1 de maio; 1/5; 5 + 1 = 6) e muitos mais. Esteja ciente disso, especialmente quando vir as notícias e ler jornais, revistas etc. Os judeus sempre enfatizam o número 6. Este é também corresponde ao quadrado cabalístico de Saturno, que perfaz 15 por todos os lados, até mesmo na diagonal. Na Bíblia, o número 6 é o número do homem sem qualquer poder espiritual. O número 7 tem a ver com os 7 chakras e poder espiritual que emanam destes e perfeição espiritual. 6 aquém. 6 é também uma série de trabalhos forçados. O trabalho foi feito por 6 dias e o 7º foi um dia de descanso. “O número 6 está estampado em tudo o que está relacionado com o trabalho humano. Vemos isso estampado em suas medidas, que usam em seu trabalho e no tempo durante o qual ele trabalha. E vemos isso desde o início.”

O número 6 também tem a ver com a escravidão:

Colossenses 3:22
Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.

O versículo acima do 51º livro da Bíblia (1 + 5 = 6) defende trabalho escravo. Adiante, o versículo 3:22 pode ser multiplicado 3 x 22 = 66, o número total de livros na Bíblia, a indicar a conclusão do trabalho estado judaico comunista escravista e sua nova ordem mundial.

A verdade é… O número de Satan 666 é o número do quadrado cabalístico do Sol e indica poder e avanço espiritual. Quase todas as antigas religiões pagãs enfatizavam “culto” ao Sol. A palavra-chave “culto” na verdade se traduz em foco intenso, como em meditação profunda. Além disso, 6 x 6 x 6 = 216, que tem a ver com certas nadis poderosas dentro da alma. O chakra solar é o chakra mais poderoso e importante da alma e tem a ver com o trabalho da Magnum Opus. O chakra solar é o chakra do Graal, o cálice que contém o elixir da vida secretado pela glândula pineal. A bíblia com 66 livros está aquém de realizar a divindade e trabalha para manter a humanidade espiritualmente e psicologicamente escravizada.

De acordo com a Bíblia, o número 12 é supostamente um número perfeito, sendo o número 13 de Satan. Como seres humanos, temos um total de 13 chakras principais, não 12. 13 é um dos números de Satan [1 + 3 = 4]. Mais uma vez, o número 12 é insuficiente. Nos tempos antigos, havia 13 signos zodiacais. 12 também se relaciona com o nosso horário centrado em Saturno; 60 segundo dentro de um minuto, 60 minutos dentro de uma hora e 24 horas (2 + 4 = 6) dentro de um dia. Saturno, como já escrevi acima, vibra no número 6. Saturno é o planeta maléfico do sofrimento, trabalho duro, miséria, desgraça e perda. Onde quer que Saturno esteja colocado em um mapa astral, este é o lugar onde se sofre na vida.

Os poderes judeus designam 12 como a ser o número de “governo perfeito”, em outras palavras, a humanidade estar espiritualmente impotente, aquém de poder espiritual e realização, e serem objecto de escravidão através do governo e domínio total nas mãos dos judeus que executam esse governo. As vibrações e mensagens subliminares na Bíblia, põem a humanidade nisso. Em contraste, o calendário lunar de 13 meses é baseado no tempo natural da Terra. Estamos todos a viver discordante com a harmonia natural da Terra em relação ao nosso calendário e temporal.

VOLTAR PARA EXPONDO O CRISTIANISMO