Skip to content

A Bíblia Sagrada: Um Livro de
Feitiçaria Judaica Parte 2

Para aqueles de vocês que não estão familiarizados com isso, por favor leia “A Bíblia Sagrada: Um Livro de Feitiçaria Judaica Parte 1” antes de ler este artigo.

Para realmente expor a verdade no que diz respeito à Bíblia, é preciso estar muito bem informado a respeito do oculto. Em outras palavras, é preciso ter um conhecimento aprofundado e compreensão de astrologia, numerologia (há pouquíssimos livros precisos e reveladores sobre este assunto que estão prontamente disponíveis) o Tarô, alquimia e assim por diante. É por isso que existem terríveis ameaças e advertências ao longo da Bíblia que trabalham para assustar os seguidores para longe deste conhecimento. Eu também quero acrescentar que houve maldições colocadas para impedir as pessoas comuns que não têm conhecimento suficiente de avançar em disciplinas ocultas. Estes não são “actos de Deus”, mas são maldições perpetradas pelos judeus e alguns gentios podres que trabalham para eles, tais como a ordem católica dos jesuítas (também em grande parte composta de judeus), que são adeptos em magia negra.

A Bíblia, como revelado na parte 1 deste artigo, é uma ferramenta subliminar poderosa. Isso não é apenas uma teoria, mas pode ser comprovado com conhecimento suficiente. Os personagens judeus fictícios que foram inventados e corrompidos de CONCEITOS espirituais pagãos que precederam o cristianismo de centenas a milhares de anos, agem como uma conexão subliminar.

Por exemplo, o número 7, que tem a ver com os chakras principais (produtores de energia) da alma humana é encontrada na Bíblia 735 vezes. Mais uma vez, a preocupação judaica com o número 6. Na numerologia, 7+3+5=15; 1+5=6.

Isto significa que é uma conexão subliminar com os chakras. Isso põe o trabalho de modo que eles possam roubar a energia dos adoradores. É por isso que este número é repetido tantas vezes na Bíblia. O personagem judaico fictício de “Salomão”/“Solomon” também tem 7 letras. Salomão tinha vasta riqueza inimaginável. O “Templo de Salomão” simboliza o povo judeu (Israel) como um todo. Para saber mais sobre isso, por favor leia o artigo O Templo de Salomão.

Além disso, o “Jeová” foi roubado “Jove”, outro nome para Júpiter/Zeus. Júpiter na astrologia é o planeta benevolente que traz boa sorte e abundância. Ele está muitas vezes conectado aos milionários. Isso põe outra conexão subliminar muito poderosa para os judeus ceifarem a energia dos gentios, canalizando-a para a criação de abundância material para eles. O número de judeus que têm incrível riqueza é desproporcionalmente elevado.

O número 8 tem a ver com abundância. YHVH na numerologia hebraica é igual a 26; 2+6=8. Combinado com o número 7, como mencionado acima, esta se iguala a 15; 1+5=6. O número 6 é usado pelos judeus em qualquer momento que eles querem influenciar alguma coisa, como o falso “Holocausto” dos “seis milhões”. Se alguém está alerta e presta atenção, vai notar os media controlados por judeus a usarem o número 6 com bastante frequência, especialmente em relação aos acontecimentos mundiais. O número 6 também tem a ver com trabalho escravo gentio.

Além de tudo isso, os judeus assumem a posição de “Deus” e têm ditado e governado sobre os gentios por séculos. Os judeus sempre se colocaram no comando dos gentios, governantes gentios e os povos gentios proeminentes. Uma das mensagens subliminares mais notáveis para os judeus a tomarem o controlo de um gentio proeminente é o Livro de Ester (clique aqui para saber mais). Judeus são conhecidos por se casarem em famílias proeminentes gentias, especialmente os gentios que têm muita influência e de lá eles trabalham para assumir o controlo dessa influência.

“Jesus Cristo” é outro personagem judaico fictício inventado e corrompido a partir de um poderoso conceito espiritual. Esta é a importante e poderosa serpente kundalini. Quando ativada e elevada, ela pode conceder o poder de fazer milagres. Deve-se estar bem informado sobre alquimia espiritual para saber isso. Sua suposta vida de 33 anos, por um exemplo, corresponde às 33 vertebras esotéricas da coluna humana onde a serpente kundalini deve passar para sua ascensão aos “céus”, que é o chakra coronário da alma humana. Para obter mais informações em profundidade sobre isso, por favor leia o artigo A Verdade Sobre Jesus.

Além de tudo isso, a vida como a conhecemos é composto de números. Os números são o fundamento da existência. O sistema actual de tempo baseia-se no número 6, o número usado pelos judeus em seus trabalhos. O minuto tem 60 segundos, a hora tem 60 minutos, e no dia tem 24 horas, 2+4=6. Tudo isto é um poderoso subliminar para canalizar energias. A Bíblia é composta de 66 livros.

Para saber isso, é preciso estar bem informado sobre “bruxaria”. A bruxaria usa as energias dos planetas, as fases da Lua etc., para conectar energias que são favoráveis e que estão em harmonia com o trabalho, dando-lhe mais energia. Isto era dos antigos e muito prevalente nas religiões pagãs, geralmente para fins positivos e com magia negra utilizada para fins de justiça.

Os judeus tomaram esse conhecimento e forçosamente removeram do povo gentio, substituindo-o com os falsos programas do cristianismo e do islamismo, onde não há mais nada que é espiritual. Durante a Idade Média, depois de bibliotecas pagãs foram queimados e destruídas, foram os judeus que “traduziram” os textos espirituais restantes para as línguas da Europa. Com isso, antigo conhecimento e conceitos espirituais foram substituídos por corrupção e mentiras.

Qualquer momento que os judeus querem iniciar uma guerra como estão fazendo agora pois foram expostos por toda a Internet, eles usam os poderes da Bíblia, os números dos versos e as palavras envolvidas nessas escrituras.

Um grande exemplo, como mencionado na Parte 1 deste artigo foram os ataques do 11 de setembro (11/9). Outro exemplo trágico é o bombardeio de Dresden. Este foi realizado no feriado cristão da “quarta feira de cinzas”, usando as energias canalizadas dos crentes, e reduziram Dresden às cinzas. Eu também quero acrescentar aqui, relativo à falsidade por trás deste feriado cristão, as cinzas são colocadas sobre o terceiro olho da alma (que está no meio da testa) e em verdade são simbólicos de obscurecer a intuição e a visão psíquica/espiritual.

Cristianismo e islamismo não são nada mais do que programas para remover toda a espiritualidade da população. Espiritualidade activada cria consciência. Poucas pessoas são espiritualmente abertas o suficiente para ver as almas dos outros. Este poder vem do terceiro olho. O judeu tem uma alma alienígena, enquanto o povo gentio não pode ver isso, são vítimas inconscientes. Os judeus nos dominaram por séculos.

A pintura antiga à esquerda, “Bruxaria” por DOSSI, Dosso, 1535. É muito óbvio estes são judeus. Além disso, a “bruxa” clássica do Dia das Bruxas tem as características físicas judaicas. Judeus usaram poder oculto durante séculos, abusando de magia negra incessantemente. É por isso que tantos líderes gentios foram assassinados (especialmente aqueles que estavam alertas para os crimes dos judeus), como George Lincoln Rockwell. No topo, eles sabem que têm esse conhecimento e poder que foi retirado à força do povo gentio, aplicando o cristianismo e o islamismo, juntamente com assassinar em massa nossos sacerdotes gentios e outros que tinham conhecimento espiritual, como os Druidas. A Inquisição, que foi perpetrada por judeus como Tomás de Torquemada, Heinrich Kramer e James Sprenger que escreveu “Malleus Maleficarum” foi também um acto de genocídio, em especial contra a Alemanha. Muitas cidades e vilas na Alemanha foram completamente dizimadas através assassinato em massa incitado por judeus. Isso não é diferente do comunismo judaico. Para mais informações detalhadas sobre a Inquisição, juntamente com referências, por favor leia sobre a Inquisição.

A população gentia que não tem esse conhecimento é vítima fácil de quem o tem. Por exemplo, os judeus que são conhecedores e praticantes de magia talmúdica amaldiçoarão competidores gentios para fora do negócio e também gentios em geral. Além disso, uma vez que os judeus controlam 96% dos meios de comunicação do mundo, as informações disponíveis sobre o poder espiritual foram corrompidas e o movimento “Nova Era” tomou lugar com feitiçaria cristianizada. O conhecimento real poderoso raramente se acha em livros prontamente disponíveis por aí afora. Por exemplo, Wicca é nada mais do que lixo. A elaboração sobre a “lei tríplice” e a perversão extrema da “Lei Natural” trabalham para criar fracotes medrosos. A “Lei Natural” verdadeira é se alguém ou alguma coisa, ou uma raça, espécie etc., não agir para defender-se, torna-se extinta. Se cada célula do seu corpo seguisse os ensinamentos da Bíblia e do movimento da Nova Era de “dar a outra face”, deixar crimes ficarem impunes e promover a injustiça, o pacifismo, a inação e cobardia, tu já estarias morto em uma questão de horas, se não minutos. Esta é a lei natural!

Os judeus temem retaliação por magia negra. Nós gentios superamo-los em número. Magia negra é usada para a justiça. Cristianismo, islamismo e afins não são nada mais do que programas. Não há nada de espiritual sobre eles. Poucos pregadores podem sequer diagramar a alma humana. O mundo esteve sob um feitiço poderoso. É tempo de todos os gentios acordarem para isso!

VOLTAR PARA EXPONDO O CRISTIANISMO

VOLTAR PARA SOL NEGRO 666

VOLTAR PARA TERCEIRO REICH E O CRISTIANISMO