Skip to content

A Torá e Sacrifício de Sangue

Estou escrevendo este artigo porque eu estou muito farta do fluxo interminável de idiotas que fazem vídeos e sítios que expõem o assassinato ritual judaico por um lado, e com a outro apoiam o cristianismo, a Bíblia, o Nazareno e culpam tudo isso em Satan. Alguns destes autores são na verdade judeus e sabem o que fazem no que diz respeito à tentativa de culpar tudo em Satan e nos Deuses pagãos (gentios), enquanto outros (a maioria cristãos) são totais idiotas.

A maioria desses idiotas que obviamente têm QI de dois dígitos (quase sempre um cristão) ou são demasiado preguiçosos, desmotivado ou claro, não têm a inteligência necessária para realmente ler a Torá judaica pelo que ela é, o Antigo Testamento. Toda a Torá está repleta das instruções do Deus judaico sobre como executar corretamente sacrifícios de sangue e para os cristãos idiotas de dois dígitos de QI que tentam arranjar desculpas em relação ao Novo Testamento e “Jesus”, esse “Jesus” é um sacrifício de criança humana.

Além desta profunda estupidez (o nível de inteligência cristão é tão baixo que é inacreditável), nunca parece ocorrer a esses idiotas porta-bíblia que reclamam sobre o Assassinato Ritual Judaico citando o Talmude, de que o Talmude é de facto um comentário rabínico sobre a Torá. E o que é a Torá? A Torá são os cinco primeiros livros do Antigo Testamento da Bíblia que estes cristãos com merda na cabeça promovem. Isso mesmo: o ANTIGO TESTAMENTO. A mesma velha sujeira tóxica que seus padres e pregadores despejam em suas igrejas cristãs todos os domingos. Como eu já disse, a extensão da estupidez está além de ser chocante. Além disso, esses cristãos acéfalos estariam totalmente perdidos para mostrar exatamente onde que em sua Bíblia, Satan sequer mencionou, diga lá exigiu, QUALQUER sacrifício que seja, muito menos um sacrifício de sangue vivo! No entanto, eles o acusam disso incessantemente, pois isso cria uma diversão e uma distração do mal real, que é a Bíblia judaico-cristã. Como eu continuo a repetir, cada acto e atributo feio que é do “deus” judaico-cristão é atribuído a Satan, mas poucos conseguem ver além disso. A maioria das pessoas são enganadas por isso. Quase ninguém para e pensa.

Outra coisa que eu quero acrescentar aqui é como os cristãos e outros idiotas relacionados distorcem tudo. Um exemplo gritante que me deparei foi uma declaração a respeito de como os nomes de Deuses pagãos, como Baal, foram usados por judeus, como o fundador hassídico Baal Shem Tov. Este título significa “mestre do bom nome”, a saber. Isto tem a ver com poderes ocultos. Não tem nada a ver com o Deus pagão Baal.

“Em hebraico, a palavra ba’al significa ‘esposo’ ou ‘proprietário’ e está relacionada com um verbo que significa para apossar, para um homem, consumar um casamento. A palavra ba’al também é usada em muitas frases hebraicas, denotando posse concreta, bem como posse de diferentes qualidades em sua personalidade.” (1)

Baal, como também mencionei acima, significa “mestre”, portanto esta palavra tem realmente é um termo muito amplo. Dada a blasfêmia extrema e difamação contra o deus pagão Baal na Goétia (A Chave Menor de Salomão), é senso comum que os hebreus não estariam dando qualquer tipo de devoção a esse Deus pagão, ou quaisquer outros Deuses pagãos, a respeito. Todas as referências que tentam alegar que os hebreus adoravam quaisquer Deuses pagãos são para confundir os leitores. Com a nossa própria investigação, descobrimos que Baal é outro nome para o Deus filisteu Belzebu. A blasfêmia judaica sem fim contra Belzebu atesta em si sobre o quanto esse Deus pagão é odiado pelos judeus.

A citação diretamente abaixo é do sítio “Biblie Hub” website, no artigo sobre Baal: “4. Com atributivos: בַּעַל בְּרִית – Senhor do pacto, Juízes 8:33; Juízes 9:4 (compara a אל ברית Juízes 9:46; ZMG 1888, 478); זְבוּב ׳ב – Senhor das moscas, 2 Reis 1:2,3,6,16, Deus filisteu, Βααλ μυῖαν (Belzebu, Mateus 12:24) compara a Bael.” (2)

Eu também gostaria de comentar sobre a extrema semelhança entre o nome de “Moloch” e da palavra hebraica “Melek”, que significa “Rei”. Aqui “rei” é outro termo bem vago. (3)

Então… O que a Torá judaica tem a dizer sobre o sacrifício de sangue? Para aqueles que têm dúvidas, eu vos encorajo a fazer vossa própria investigação, pois há inúmeros exemplares na Torá judaica aqui.

A história do personagem judeu Abraão prestes a sacrificar seu filho Isaque, como ordenado por esse deus estranho deles, é um exemplo flagrante de que sua mera prontidão, sem dúvida, ao que narra a história, indica que isso não era nada fora do normal, nem foi este um pedido incomum. Dada a sua disponibilidade incondicional, isso revela que este acto de sacrifício de crianças humanas era comum.

Além do acima, aqui estão algumas citações muito interessantes e muito reveladoras tomadas a partir do sítio judaico:
“Come and Hear, um fórum educacional para o exame da verdade religiosa e a tolerância religiosa. Ritual de Sangue – 3: Sacrifício Humano, o Talmude e o Problema de Moloch” “O Senhor Deus Aceita Sacrifício Humano”

Citação à partir do sítio acima:
“Ritual de sangue: Ritual de sangue é fundamental para o judaísmo. Algum sangue santifica, algum sangue contamina. Vamos ver o que as doutrinas do Talmude são.”

“O Talmude Babilônico, no entanto, ainda permite que os judeus sacrifiquem crianças a Moloch – sob certas condições.”
“O Senhor Deus Aceita Sacrifício Humano.”
“Primeiro, vamos ver a perspectiva. Alguns acreditam erroneamente que o sacrifício humano é proO mesmo.o no Antigo Testamento. Certamente, alguns dos profetas, blasfemavam contra ele. Mas, em pelo menos um livro, o Senhor Deus aceita o sacrifício humano. E em outro livro, o Senhor Deus é acalmado pelo sacrifício humano.”

“No seguinte relato do Livro dos Juízes, o guerreiro israelita Jefté está prestes a fazer guerra sobre os amonitas. No pagamento para a vitória, Jefté promete ao Senhor Deus que ele vai sacrificar o primeiro de ‘qualquer coisa’ que visse à sua casa para recebê-lo em seu retorno. A menos que Jefté mantenha bois, ovelhas, cabras ou galinhas em sua sala de estar, deve-se esperar que a vítima prometida será um ser humano. Observe que Jefté não promete sacrificar ‘um boi’ ou ‘uma cabra’ etc.”

E Jefté fez um voto ao Senhor, e disse: Se totalmente deres os filhos de Amom na minha mão,
Aquilo que, saindo da porta de minha casa, me vier ao encontro, voltando eu dos filhos de Amom em paz, isso será do Senhor, e o oferecerei em holocausto.
Juízes 11:30-31

O primeiro a passar através das portas da casa de Jefté em seu retorno é sua única criança, sua amada filha.

Juízes 11:34,35
Vindo, pois, Jefté a Mizpá, à sua casa, eis que a sua filha lhe saiu ao encontro com adufes e com danças; e era ela a única filha; não tinha ele outro filho nem filha.
E aconteceu que, quando a viu, rasgou as suas vestes, e disse: Ah! filha minha, muito me abateste, e estás entre os que me turbam! Porque eu abri a minha boca ao Senhor, e não tornarei atrás.

Vamos refletir por um momento. Sabemos que Jefté jurou Senhor Deus sacrificar “qualquer coisa” que viesse pela primeira vez à porta de sua casa. Nós suspeitamos que Jefté planejava sacrificar um dos seus servos. Mas quando o “qualquer coisa” acabou por ser a filha de Jefté, Jefté é surpreendido. Observe a reacção de sua filha:

Juízes 11:36
E ela lhe disse: Meu pai, tu deste a palavra ao Senhor, faze de mim conforme o que prometeste; pois o Senhor te vingou dos teus inimigos, os filhos de Amom.

“Ela não expressa nenhuma surpresa que Senhor Deus iria aceitar um sacrifício humano, ela nem ao menos protesta; ela não diz ‘pai, vamos usar algum bom senso.’ Nada, senão animais perfeitos podem ser sacrificados ritualmente no judaísmo. Observe que a filha de Jefté, também, é um sacrifício perfeito – ela é virgem. Observe que Senhor Deus não para este sacrifício humano como ele parou o sacrifício do filho de Abraão.

O Antigo Testamento não especifica como Jefté sacrifica sua filha, mas seguindo os métodos corretos para o sacrifício de animais, ele teria cortado sua garganta primeiro e drenado seu sangue em um vaso de serviço do Templo; cortou-lhe os braços, pernas e cabeça; cortou o tronco em seções, removeu suas entranhas e lavou-as; despejou, borrifou e esfregaço seu sangue em pontos prescritos ao redor do altar; e queimou a carne. Ou, claro, um sacerdote podia fazer isso por ele.” (4)

“Senhor Deus é acalmado pelo sacrifício humano.” (5)

“Como dois crimes distintos, prova que dar a própria semente a Moloch não é idolatria. A diferença é se alguém sacrificou a Moloch ou causou seu filho a passar pelo fogo a alguma outra deidade, ele não é punido.”
-Rabino Dr. Freedman

“Após a Mishná, os Sinédrios 64a e 64b contém um debate empolgante entre os Sábios acerca de:

• As circunstâncias em que adorar um ídolo é idolatria,
• Quais ídolos podem ser adorados sem ceder em idolatria,
• Quais partes do sacrifício de crianças em que combinação são puníveis, e
• Como crianças podem ser sacrificadas sem violar Levítico.

“Posteriormente, várias tentativas foram feitas para provar que ao sacrificar seus filhos para Moloch, os israelitas simplesmente pensavam estar oferecendo-as em holocausto ao Senhor. Em outras palavras, o Melech a que crianças foram oferecidas em sacrifício era Yavé com outro nome.” (6)

O artigo prossegue e tenta afirmar o contrário, mas qualquer tolo pode ver facilmente ao ler o livro bíblico de Levítico por exemplo, que a afirmação acima fala por si.

Aqui é mais do sítio judaico “Come and Hear”:
“Na verdade, é lamentável que a religião judaica não repudiou a doutrina de que as crianças podem ser sacrificadas a Moloch. Essa doutrina, junto com orações na liturgia judaica pedindo o retorno do sacrifício ritual de sangue (ver Sacrifício Animal e o Terceiro Templo), certamente acrescenta credibilidade às acusações de que os judeus se engajam no sacrifício de sangue ritual de crianças.”
“Repudiar a doutrinas do Talmude que aprovam sacrificar crianças ritualmente (sob certas condições) percorreria um longo caminho para criar boa relação entre o judaísmo e as pessoas de outras crenças religiosas.” (7)

O livro de Levítico está repleto de instruções específicas (de como fazer) e exigências para sacrifícios de sangue.

Abaixo há citações tiradas diretamente da Torá judaica. Dado o tratamento extenso e horrendo a animais inocentes, não é de se admirar que os judeus inventaram a agricultura industrial. Esse tipo de coisa está em sua natureza.

Levítico 1:1-3
E chamou o SENHOR a Moisés, e falou com ele da tenda da congregação, dizendo:
Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando algum de vós oferecer oferta ao Senhor, oferecerá a sua oferta de gado, isto é, de gado vacum e de ovelha.
Se a sua oferta for holocausto de gado, oferecerá macho sem defeito; à porta da tenda da congregação a oferecerá, de sua própria vontade, perante o Senhor.

Levítico 1:5
Depois degolará o bezerro perante o Senhor; e os filhos de Arão, os sacerdotes, oferecerão o sangue, e espargirão o sangue em redor sobre o altar que está diante da porta da tenda da congregação.

Levítico 1:10-11
E se a sua oferta for de gado miúdo, de ovelhas ou de cabras, para holocausto, oferecerá macho sem defeito.
E o degolará ao lado do altar que dá para o norte, perante o Senhor; e os filhos de Arão, os sacerdotes, espargirão o seu sangue em redor sobre o altar.

Levítico 1:14-17
E se a sua oferta ao Senhor for holocausto de aves, oferecerá a sua oferta de rolas ou de pombinhos;
E o kohen (sacerdote) a oferecerá sobre o altar, e tirar-lhe-á a cabeça, e a queimará sobre o altar; e o seu sangue será espremido na parede do altar;
E o seu papo com as suas penas tirará e o lançará junto ao altar, para o lado do oriente, no lugar da cinza;
E fendê-la-á junto às suas asas, porém não a partirá; e o kohen (sacerdote) a queimará em cima do altar sobre a lenha que está no fogo; holocausto é, oferta queimada de cheiro suave ao Senhor.

Levítico 3:1-2
E se a sua oferta for sacrifício pacífico; se a oferecer de gado, macho ou fêmea, a oferecerá sem defeito diante do SENHOR.
E porá a sua mão sobre a cabeça da sua oferta, e a degolará diante da porta da tenda da congregação; e os filhos de Arão, os sacerdotes, espargirão o sangue sobre o altar em redor.

Levítico 3:7-8
Se oferecer um cordeiro por sua oferta, oferecê-lo-á perante o Senhor;
E porá a sua mão sobre a cabeça da sua oferta, e a degolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão espargirão o seu sangue sobre o altar em redor.

Levítico 3:12-13
Mas, se a sua oferta for uma cabra, perante o Senhor a oferecerá,
E porá a sua mão sobre a sua cabeça, e a degolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão espargirão o seu sangue sobre o altar em redor.

Levítico 4:4-7
trará o novilho à porta da tenda da congregação, perante o Senhor, e porá a sua mão sobre a cabeça do novilho, e degolará o novilho perante o Senhor.
Então o sacerdote ungido tomará do sangue do novilho, e o trará à tenda da congregação;
E o sacerdote molhará o seu dedo no sangue, e daquele sangue espargirá sete vezes perante o Senhor diante do véu do santuário.
Também o sacerdote porá daquele sangue sobre as pontas do altar do incenso aromático, perante o Senhor que está na tenda da congregação; e todo o restante do sangue do novilho derramará à base do altar do holocausto, que está à porta da tenda da congregação.

Levítico 4:11-12
Mas o couro do novilho, e toda a sua carne, com a sua cabeça e as suas pernas, e as suas entranhas, e o seu esterco,
Enfim, o novilho todo levará fora do arraial a um lugar limpo, onde se lança a cinza, e o queimará com fogo sobre a lenha; onde se lança a cinza se queimará.

Levítico 4:16-18
Então o sacerdote ungido trará do sangue do novilho à tenda da congregação,
E o sacerdote molhará o seu dedo naquele sangue, e o espargirá sete vezes perante o Senhor, diante do véu.
E daquele sangue porá sobre as pontas do altar, que está perante a face do Senhor, na tenda da congregação; e todo o restante do sangue derramará à base do altar do holocausto, que está diante da porta da tenda da congregação.

Levítico 4:24-25
E porá a sua mão sobre a cabeça do bode, e o degolará no lugar onde se degola o holocausto, perante a face do Senhor; expiação do pecado é.
Depois o sacerdote com o seu dedo tomará do sangue da expiação, e o porá sobre as pontas do altar do holocausto; então o restante do seu sangue derramará à base do altar do holocausto.

Levítico 5:7-9
Mas, se em sua mão não houver recurso para gado miúdo, então trará, para expiação da culpa que cometeu, ao Senhor, duas rolas ou dois pombinhos; um para expiação do pecado, e o outro para holocausto; E os trará ao sacerdote, o qual primeiro oferecerá aquele que é para expiação do pecado; e com a sua unha lhe fenderá a cabeça junto ao pescoço, mas não o partirá; E do sangue da expiação do pecado espargirá sobre a parede do altar, porém o que sobejar daquele sangue espremer-se-á à base do altar; expiação do pecado é.

Levítico 7:2
No lugar onde degolam o holocausto, degolarão a oferta pela expiação da culpa, e o seu sangue se espargirá sobre o altar em redor.

Levítico 8:18,19,22,23,24
Depois fez chegar o carneiro do holocausto; e Arão e seus filhos puseram as suas mãos sobre a cabeça do carneiro;
E degolou-o; e Moisés espargiu o sangue sobre o altar em redor.
Depois fez chegar o outro carneiro, o carneiro da consagração; e Arão com seus filhos puseram as suas mãos sobre a cabeça do carneiro.
E degolou-o; e Moisés tomou do seu sangue, e o pôs sobre a ponta da orelha direita de Arão, e sobre o polegar da sua mão direita, e sobre o polegar do seu pé direito.
Moisés também fez chegar os filhos de Arão, e pôs daquele sangue sobre a ponta da orelha direita deles, e sobre o polegar da sua mão direita, e sobre o polegar do seu pé direito; e Moisés espargiu o restante do sangue sobre o altar em redor.

Levítico 9:12,18
Depois degolou o holocausto, e os filhos de Arão lhe entregaram o sangue, e espargiu-o sobre o altar em redor.
Depois degolou o boi e o carneiro em sacrifício pacífico, que era pelo povo; e os filhos de Arão entregaram-lhe o sangue, que espargiu sobre o altar em redor.

Levítico 16:14,15,18,19
E tomará do sangue do novilho, e com o seu dedo espargirá sobre a face do propiciatório, para o lado oriental; e perante o propiciatório espargirá sete vezes do sangue com o seu dedo.
Depois degolará o bode, da expiação, que será pelo povo, e trará o seu sangue para dentro do véu; e fará com o seu sangue como fez com o sangue do novilho, e o espargirá sobre o propiciatório, e perante a face do propiciatório.
Então sairá ao altar, que está perante o Senhor, e fará expiação por ele; e tomará do sangue do novilho, e do sangue do bode, e o porá sobre as pontas do altar ao redor.
E daquele sangue espargirá sobre o altar, com o seu dedo, sete vezes, e o purificará das imundícias dos filhos de Israel, e o santificará.

Levítico 17:11
Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma.

Levítico 22:19-29
Segundo a sua vontade, oferecerá macho sem defeito, ou dos bois, ou dos cordeiros, ou das cabras.
Nenhuma coisa em que haja defeito oferecereis, porque não seria aceita em vosso favor.
E, quando alguém oferecer sacrifício pacífico ao Senhor, separando dos bois ou das ovelhas um voto, ou oferta voluntária, sem defeito será, para que seja aceito; nenhum defeito haverá nele.
O cego, ou quebrado, ou aleijado, o verrugoso, ou sarnoso, ou cheio de impigens, estes não oferecereis ao Senhor, e deles não poreis oferta queimada ao Senhor sobre o altar.
Porém boi, ou gado miúdo, comprido ou curto de membros, poderás oferecer por oferta voluntária, mas por voto não será aceito.
O machucado, ou moído, ou despedaçado, ou cortado, não oferecereis ao Senhor; não fareis isto na vossa terra.
Também da mão do estrangeiro nenhum alimento oferecereis ao vosso Deus, de todas estas coisas, pois a sua corrupção está nelas; defeito nelas há; não serão aceitas em vosso favor.
Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:
Quando nascer o boi, ou cordeiro, ou cabra, sete dias estará debaixo de sua mãe; depois, desde o oitavo dia em diante, será aceito por oferta queimada ao Senhor.
Também boi ou gado miúdo, a ele e a seu filho não degolareis no mesmo dia.
E, quando oferecerdes sacrifícios de louvores ao Senhor, o oferecereis da vossa vontade.

Levítico 23:19
Também oferecereis um bode para expiação do pecado, e dois cordeiros de um ano por sacrifício pacífico.

Números 7:41
E para sacrifício pacífico dois bois, cinco carneiros, cinco bodes, cinco cordeiros de um ano; esta foi a oferta de Selumiel, filho de Zurisadai.

Deuteronômio 12:11
Então haverá um lugar que escolherá o Senhor vosso Deus para ali fazer habitar o seu nome; ali trareis tudo o que vos ordeno; os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e toda a escolha dos vossos votos que fizerdes ao Senhor.

Referências:

(1) https://en.wikipedia.org/wiki/Baal
(2) http://biblehub.com/hebrew/1167.htm
(3) http://biblehub.com/hebrew/4428.htm
(4) “Come and Hear, An Educational Forum For the Examination of Religious Truth and Religious Tolerance: Blood Ritual 3: Human Sacrifice, the Talmud, and the Moloch Problem” “LORD God Accepts Human Sacrifice”
(5) O mesmo.
(6) O mesmo.
(7) O mesmo.

As citações das escrituras acima foram tiradas da bíblia online em português.

Leia também:
A Missa Cristã e Como Ela se Conecta ao Assassinato Ritual Judaico

Sacrifício Humano na Bíblia

2000 anos de Assassinato Ritual Judaico

Cristianismo, Comunismo, os Judeus e a Bíblia


VOLTAR PARA EXPONDO O CRISTIANISMO